quinta-feira, 8 de outubro de 2009

Livros Não Podem Falar














Ontem abri a cadeia de minha boca,

despertando o meu latente existir.
Ninguém ouviu, ninguém sofreu
apenas a seca página branca,
rabiscada por minhas verdades,
umidecida por minhas lembranças.

Livros são criminosos,
algemados ao braço alheio
como forma de penalidade
como forma de expressão,
esmigalhando sua mente louco de vontade,
lhe dando asas para a tentação.

Podem servir como grandioso escape,
mas também servem como o trovão
que surge da mistura do tudo com o nada
rasgando o ar a sua volta
e esquentando o chão em contramão.

No magnífico mundo das palavras,
coexistente nas entranhas do tempo e do viver,
não existe pior crime do que o dizer da verdade,
o sussurro confidenciado sem exatidão
soprado lentamente, com dor e sangue pelas mãos.

Aquele de soltar ao vento
no limite do extremo momento
a palavra perdida dentro do coração de seu pai,
que viajou por mares distantes
enfrentando tempestades robustas
para encontrar um feliz e único triste fim,
o gelado do branco filial,
a quem cedeu um pedaço de seu coração,
um pedaço de seu perdão
e o inteiro viver de sua fragmentada alma.

Douglas Ibanez

17 comentários:

La Sorcière disse...

Nossa Douglas...
Vc SEMPRE me surpreende, de uma maneira ou de outra!
Hoje foi com sua versatilidade!!!
Que lindo, que refinado, que bem construído!!!
Quanto talento!!!
Bj GRANDE =D

Dica disse...

Costumo dizer que se os livros tivesse livre arbítrio, eles iriam preferir serem queimados a vir pra minha mão.
Eu os enclausuro em meus armários e não os deixo sair pra outras mãos. Chega a ser doentio essa sensação de posse. :)


Adorei o poema, Douglas.
beijos

~*rafasonehara disse...

belissimo texto!! :D

Rosana Ibanez disse...

Os livros são uns dos nossos melhores amigos. Eles nos acalmam, nos divertem, nos surpreendem e estão sempre lá ao nosso lado esperando por uma atenção maior!
Também não gosto de emprestá-los pra ninguém, sou egoísta sim, pois já perdi preciosidades e hoje mesmo tentando substituí-los o valor sentimental jamais conseguirei de volta.
poesia maravilhosa, parabéns.

Déia disse...

Os livros nos levam para os lugares mais incríveis...

Adorei

bj

Paulo [ALT] disse...

seu poema tah incrível, mais uma vez dah pra se ter várias imagens em mente qndo vai lendo e são esses q eu gosto, q n são apenas palavras por palavras
parabéns!
e mais uma vez, feliz aniversário atrasado S rsrs
flw

Maycon Aguiar disse...

Sistesia é uma arte, e a você domina. Completamente. Utilizando-se dela conseguiu nos mostrar como um livro é para você. Definui, em poucas linhas, a natureza fugidia de um dos nossos mais queridos amigos.
Parabéns pelo texto, muiito bem escrito. ^^

Abraço.

Equipe EEMAK disse...

Ótimo texto!
Parabéns!
Gostei da parte inicial, onde disseste que muitas vezes, ninguem além da folha pode escutar o que um escritor está dizendo!
Muito bom!

Tenha um bom final de semana, até mais!

Liciane disse...

Eu viajo nos livros... adoro!!

Parabéns pelo post!! Lindo!!!

Beijos e ótimo fim de semana!

P e G disse...

Muito lindo e profundo.!
"Podem servir como grandioso escape,
mas também servem como o trovão"
amei essa parte.
escrevr algo pode ser tão solitário, eu sempre esquevo melhor quando me sinto sozinha..
Adorei mesmo, volto sempre!

Thathá. disse...

Nossa, Douglas, arrasou *-*
sou sua fã menino!

beeijos ;*

Douglas disse...

Obrigado pessoal... obrigado mesmoo!
É sempre bom saber que posso colocar aquilo que penso e imagino aqui, sem ser questionado ou julgado, apenas entendido ^^

Valew a toooodos

Beijos e Abraços!

Thalita Carvalho disse...

Apaixonei-me por essa poesia Douglas! Parabéns, é linda demais!!!

Ana Luiza Romano disse...

Menino! Estou COMPLETAMENTE encantada! Que lindo! Você o dom das palavras, realmente. Estva com saudades de ler seus lirismos, suas reflexões. Estou de volta!!!

Beijo grande!!!

Palatus disse...

Gostei do poema,

sobretudo disso "o magnífico mundo das palavras,
coexistente nas entranhas do tempo e do viver,
não existe pior crime do que o dizer da verdade"...

Bom-blog!
Voltarei?!

Ç me diz "c q çab"...

Douglas disse...

Meninas.. Obrigado demaaaais pela visita, pelo comentário E pelo elogio =D

E você Palatus.. volte sempre que quiser ok? Será sempre Bem Vindo aqui no Blog beleza?
Fico Mega Feliz que tenha gostado daqui hehe ^^

Abraço

Uerlle Costa disse...

Ei douglas tudo bem?
Nossa gostei do seu blog.
Um conteúdo bem interessante!
Você tem apenas 17 anos mesmo.rsrs.
Parabéns.
Quero estar sempre por aqui.
Abração.