sábado, 21 de maio de 2011

Sozinho

.
.
Solidão? Não. Apenas o silêncio alheio de um cotidiano que faz sofrer. Solidão? Não, solitário. Vivo a mim mesmo. Amo quem sou. Sem paciência para o silêncio esta noite. Me abraçarei em tristeza profunda. Solidão? Talvez. Eternamente.
.

5 comentários:

Sonhos & melodias disse...

Oi Douglas que lindo!
Sabe, não vejo a solidão como algo negativo. Depende. Eu, por exemplo, as vezes preciso com urgência de solidão. É o momento em que nos encontramos com nós mesmos. E isso é tão bom!
Bjs

Eduardo Montanari disse...

Colocando as coisas nesse patamar a solidão não parece uma palavra tão feia e nem algo tão difícil de suportar. faz todo um sentido.

Kézia Lôbo disse...

envolvente

Caio Lima disse...

Ficar forever alone, desde que na medida certa, pode ser bom para qualquer pessoa. Refletir e colocar os pensamentos em ordem. Todo mundo precisa de um tempo a sós de vez em quando.

abraço bom final de semana Douglas

Mariane Braga disse...

Olá Douglas! Vim aqui te avisar que meu blog mudou para um novo endereço: http://blogcognicao.blogspot.com/

Obrigada, abraços!