quarta-feira, 26 de agosto de 2009

A Cigarra e a Formiga


Não sei se estão lembrados, caros jovens leitores deste lugar. Pois não quero que fiquem embaralhados com aquilo que lhes irei dar. Alguns meses atrás coloquei aqui neste quase livro empoeirado, uma fábula de brilho espectral e que vale ser lembrado, como um momento colossal. (momento Criador de Fábulas ^^)

Estou aqui postando, caros companheiros de Blog, mais uma Fábula de La Fountaine. Para quem não teve a oportunidade de ler a outra (incrível essa postura de falar chique) e quiser ler, pode entrar aqui. Mas agora chega de tanta Lenga-Lenga e vamos ao que importa.



A Cigarra e a Formiga

Tendo a cigarra em cantigas
Folgado todo o verão,
Achou-se em penúria extrema
Na tormentosa estação.

Não lhe restando migalha
Que trincasse, a tagarela
Quis valer-se da formiga
Que morava perto dela.

Rogou-lhe que lhe emprestasse,
Pois tinha riqueza e brio,
Algum grão com que manter-se
Té voltar o aceso estio.

"Amiga - diz a cigarra -
Prometo, à fé d'animal,
Pagar-vos antes de agosto
Os juros e o principal."

A formiga nunca empresta,
Nunca dá, por isso junta.
"No verão em que lidavas?"
À pedinte ela pergunta.

Responde a outra "Eu cantava
Noite e dia, a tôda a hora."
- "Oh! bravo", torna a formiga;
"Cantavas? Pois dança agora!"
Bocage


Espero que tenham gostado,
por hoje é só,
até mais ver pessoal,
Tchau!!

13 comentários:

La Sorcière disse...

Olá Douglas!
Eu já conhecia esta fábula, mas não em forma de poesia....apenas de conto, aqueles com a moral da história no final (como se o leitor fosse burro e não conseguisse abstrair!!!).
Ficou interessante em forma de poesia, direto e objetivo.
Eu sou um experimento da ciência que deu certo: um misto de cigarra e formiga!!!! (não dá prá ser só formiga.....boring!!!!)
Bj:)

introspectivasim disse...

Adoro esta fábula!
Tenho uma coleção aqui em casa de várias fábulas e contos. É lindo!
Também gosto muito das fábulas de esopo. Tenho até um livrinho de bolso que já está com as págimas caindo, de tanto ser lido.

Um grande beijo!!

Mariane disse...

Nossa, nunca vi essa fábula em forma de poesia, adorei! Ja fiz esse conto em teatro com várias turmas infantis que dei aula, foi um sucesso!!!

Abraços...

~*rafasonehara disse...

Oie
saudades de comentar aqui
não tinha lido esta ainda e gostei muito *-*
amoo contos de Andersen.. com certeza vc já ouviu falar..
beijoos
:*

Déia disse...

Adorei esse novo jeito de escrever!
Tem selo pra vc lá no Divã!
bj

Rosana Ibanez disse...

A Cigarra e a formiga! Minha vó contava essa fábula quando era criança e adorava ouvir... em forma de poesia ficou lindo!
Beijos

Doki☺Heytor disse...

Eu adoro essa fabula, mas digo que prefiro a versão que a cigarra se dá bem
alias, minha versão favorita eh aquela do livro Mais contos de fadas politicamente corretos" de gurner

recomendo para voce =D

Douglas disse...

Heeey!!
Sim.. essa fábula é muito legal, gosto muito ^^
Tipo, é aquela história que surgiu do nada mas que fica na nossa cabeça como se tivesse sido um enorme filme ou coisa parecida.. esse jeito ficou muito bom mesmo, concordo ^^

Abraços e beijos!

Jaqueliny Euzébio disse...

BOCAGE, BOCAGE, BOCAGE, BOCAGE! *-*

Mateus Ksyvickis Luz disse...

Passando pra informar que seu blog recebeu um selo...
Confira: http://guardeparaosdiasdechuva.blogspot.com/2009/08/o-blog-guarde-para-os-dias-de-chuva.html

http://guardeparaosdiasdechuva.blogspot.com/
* ... música, política, celebridades ... *

Abrçs...

Ana Luiza Romano disse...

Haha, adorei, adorei! Muito engraçadinho o conto em forma de poesia! :)

De boa, tô adorando frequentar seu blog... Tava louquinha pra ver a atualização! Vc tem o dom da palavra mocinho e tem um bom gosto muito peculiar. Aproveite isso... ;D

Beijos!!!

Douglas disse...

Jaque: BOCAGE!! hauahuahuah

Mateeus!! Valewzão pelo selo =D
posto ele logo logo aki ok?

Ana Luiza.. se você soubesse como fiquei feliz com o seu comentário.. serio mesmo.. fiquei super, mega blaster tlaster closter feliz =D
Muito obrigado meeeeesmo

Vallew a tooooodos
Um grande beijo e abraço a todos \o/

simone gomes disse...

hoje eu vi uma formiga carregando uma amora, mano @_@

a amora é era umas 923828328 vezes maior e mais pesada que a formiguinha, tadinha...
tadinha nada, a bicha era forta pá porra SDHSDHUDASHUSHUSDHU

:*