sábado, 17 de julho de 2010

Boa Noite Fátima - A Entrevista

Boa Noite!
Estamos començando mais um post do meu tão humilde Blog - O Cronista. E hoje, teremos uma incrível entrevista com o dono (sem noção) deste ambiente macabro e colorido. Ok, bancar o William Bonner não deu muito certo, mãs, a notícia pelo menos é verdadeira. Como prometido no último post, hoje irei completar a bela brincadeira que fizemos juntos de perguntas e respostas, onde vocês seriam Fátima Bernardes e eu um mero e tranquilo entrevistado (ou seria vítima?). Aqui começa o Boa Noite Fátima.

Antes de mais tudo (ou antes de mais nada), quero dizer algumas coisinhas. Gostei muito de todas as perguntas que vocês me fizeram. Elas foram do céu ao inferno e da pensadora à comum e isso é incrívelmente interessante por que, em meu imaginário, ninguém pode ser 100% apenas uma coisa, somos dois, três ou até quatro chicletes masclados juntos e jogados fora tudo misturado (que nojo).

Pois bem, vou começar com as perguntas e respostas, lembrando que, vou escolher ao fim do post, quem me fez as melhores para continuem com o Boa Noite Fátima em seus devidos espaços (se quiserem, claro). Ainda agradeço a todos vocês pela boa vontade de perguntarem, vocês são massa! Bem, chega de blá blá blá e vamos logo ao que interessa.

Alessandra (
La Sorcière) - Minha cara Alê.. fiquei tão contente quando você foi a primeira a perguntar, sabia? E preciso dizer, você é muito querida!

- Por que ter um blog, Douglas?
~ Bem, ter um blog é algo bastante diferente, se posso assim dizer. A princípio, seguindo alguns conselhos de um grande escritor amigo meu, fiz esse lugar para divulgar apenas as crônicas, poemas e textos que eu escrevia e escrevo ainda, mas eu, sempre tive sede de me comunicar e de mostrar quem eu sou (esse ser sem muito nexo) e foi quando tive a idéia de começar a falar de coisas que me vinham a cabeça e do meu jeito particular de ser. Hoje para mim, ter um blog é ter um espaço onde eu posso falar o que eu quiser, conhecer pessoas diferentes e iguais que me passam um grande conhecimento e poder treinar minha escrita e mente para me envolver com o ser humano que sou eu e que são vocês. Isso sem contar que O Cronista já faz parte de mim.. rs

- Por que escolheu jornalismo?
~ Escolhi jornalismo por que sempre gostei de escrever, sempre e ao longo do tempo fui percebendo outras características que me empurravam para a profissão. Não gosto de ficar parado atrás de uma mesa, gosto de andar pelas ruas, fazer coisas diferentes, gosto de criar, seja lá o que for, isso sem contar que também tenho meus momentos de crítico e de analista, enquanto tento ser imparcial o máximo possível. É uma profisão que sempre me chamou a atenção por ser diferente e eu gosto disso, da diferença.

- Você tem namorada? ;) (Eu tinha certeza que você ia me perguntar isso)
~ Não, não tenho namorada, mas estamos aí, certo?

*****

Maycon (Sussurros Íntimos) - Gosto tanto de sua profundidade, sabia? Acho que existe muita coisa nesse seu poço d'água e que vai render maravilhas, aposte nisso!

- Alguém inspira os seus textos?
~ Interessante. Não tenho nenhuma pessoa em especial que me inspira diretamente. Tenho algumas referências com as quais me identifico. Acho que o que mais me inspira nos outros é a força que existe por detrás de tal trabalho e a magia coexistente nela, sabe? Mas agora pensando bem, acho que a pessoa que mais me inspira su eu mesmo.

- Na vida, houve algo ou alguém que marcou tão profundamente que você ainda recorde?
~ Costumam dizer que eu sou um elefante devido a minha memória, eu lembro de coisas minimamente detalhistas e antigas. Eu sou uma pessoa que procura sentimento e formas de me marcar em tudo que eu vivo e vejo. Por isso, muitas coisas pequenas para muitos, me marcam de uma tal maneira que eu jamais esqueço e eu faço isso com tudo, tudo mesmo, por isso é difícil dizer algo apenas. Mas se for para dizer apenas uma coisa, eu diria, minha infância.

- É muito tímido? Se sim, já se meteu em alguma situação inusitada por causa disso?
~ Olha, eu já fui mais tímido, principalmente na época do primário. Mas com as pessoas conhecidas, eu sempre fui meio maluco e palhaço, com o tempo eu fui aprendendo a ser o que sou na frente de qualquer pessoa, claro, sempre avaliando se vale a pena ou não (por que tem certos momentos que prefiro ficar calado).



****

Dhyogo (Nuances Retornáveis) - Que bom que gostou! E que bom que foi cair aqui pela toca do coelho, não? E olha, aquele meu primeiro post é um querido meu, viu? rs

- Este tempo todo que vc tem se expressado em O Cronista, 3 anos, já te ajudou a descobrir quem exatamente você é? E se sim, já pode nos contar?
~ Engraçada essa pergunta, por que eu acho que não. Com esse 1 ano e meio (não foram 3 anos!) eu descobri muita coisa sobre mim e ao mesmo tempo, descobri muitas outras coisas que me fazem perguntar quem sou eu de fato. Aquele meu primeiro post diz quem sou eu, ao mesmo tempo que não diz. Talvez se o refizesse atualmente, ele seria diferente e muita coisa mudaria, mas novas coisas iriam aparecer, acho que continuo sem saber direito quem eu sou, apenas amadureci e isso sim eu posso contar para vocês, eu amadureci.

- Por que se descrever é tão difícil?
~ Não sei. Talvez por que eu seja muito detalhista. E por que também sou uma lagoa inteira de mudanças e imaginação. As vezes me pego pensando nas coisas mais impossíveis existentes e que não se tem como explicar, batendod e frente com o que sou, por que eu sou o que penso, imagino e sonho e se é difícil de explicá-las, também é difícil de explicar eu mesmo.

****

Rosana (Sempre em Dia) - Aaah pode ter certeza. Vou lhe trazer muitos autógrafos de tudo quanto é gente e de quebra algumas entradas VIPS... rs

- Além de jornalismo, qual outra profissão você tem grande afinidade? Pretende ainda estudá-la ou vai parar no jornalismo mesmo??
~ Eu gosto de toda a área da Comunicação, entre elas Publicidade e Radio&TV. Por isso pretendo sim, depois de Jornalismo, estudar essas duas e tentar me tornar um profissional da Comunicação que sabe de tudo um pouquinho.

- Com quantos anos pretende se casar??rrss
~ Olha, complicado isso (rs). Não pretendo casar cedo não. Quero curtir bastante a vida ainda para que não me arrependa de nada quando estiver casado. Sem contar que quero estar estabelecido profissionalmente e monetariamente ($$) para dar esse passo, por que quero curtir todos os momentos do casamento.



****

Dani (Expressing My Mind) - Pois é, eu também fiquei maluco com aquele jogo. Arranquei todos os cabelos da cabeça e ainda briguei com meu primo.. rs

- Então fala pra gente: Quem você considera um exemplo de vida?
~ Não sou uma pessoa muito religiosa, mas mesmo assim, considero um Exemplo de Vida, Jesus Cristo. Pode até parecer clichê para alguns, mas o fato de tudo que ele fez por nós e por tudo que passou me faz acreditar que a fé, não somente a fé religiosa, mas a fé por qualquer coisa que acredite, nos leva por caminhos realmente incríveis e que nos traz bons frutos.

****

Nynha (჻ Nуηнα ♥ ●๋•) - Muito obrigado pelos elogios, fico extremamente feliz que tenha gostado do Blog.. afinal estamos aqui para isso, certo? E nem me fale sobre o jogo..

- Bem, em que vc baseia os seus textos e postagens?
~ Como eu disse, baseio meus textos em diversas coisas. Uma delas é em mim mesmo e em como eu vejo aquele mundo particular a partir daquele texto e daquela ideia.

- Vc é de cidade?
~ Sim, sim. Sou da Zona Leste de São Paulo, com todo orgulho! Pego Metrô todo dia de manhã, ando com o relógio na mão, corro com pressa para todo o lugar e tudo mais que os paulistas estão acostumados. Mas em questão de natureza minha, eu sou tão calmo com o campo quanto agitado como a cidade.

- Vc tem namorada?
~ Não tenho namorada! Estou daqui a pouco colocando anúncio no Jornal.

- Vc pretende fazer ou faz faculdade de jornalismo?
~ Eu já faço. Estou no Segundo Ano, 4º Semestre!


****

Adrielly (Necessidade) - Adorei suas perguntas! E seu blog está muito legal e o último post, em relação a imagem que postou, queria também que aquilo ocorresse comigo.

- Qual é a finalidade do seu blog? O tema, ou seja, qual o foco do seu blog?
~ Aqui não tem um foco exatamente, eu nunca quis colocar isso em evidência. Aqui eu tenho a liberdade de escrever o que eu quero e o que me dá na telha, claro, quando me parece interessante postar. É tudo um emaranhado de pensamentos estranhos que me passa pela cabeça e PÁ! Postei!

- Se pudesse ser reconhecido por algo que você tenha feito, você queria ser reconhecido por ter feito o que?
~ Pela Paz Mundial (Momento Miss Brasil). Brincadeira.. mas eu gostaria de ser responsável por colocar um novo estilo de vida no mundo inteiro. Um estilo de vida em que as pessoas se amassem a si mesmos e ao próximo com um amor tão grande que parecesse que os dois tipos de amor, fossem apenas um e gostaria de ver a consequência que isso geraria, em minha mente, seria algo bastante peculiar e interessante.

- Você sente uma evolução da época em que começou a escrever até agora?
~ Com certeza. Além de aprimorar algumas técnicas de escrita, evoluí também os sentimentos e o modo como escrevo. Amadureci minha mente e minhas ideias ao longo da vida e isso se mostra claramente em meus textos, é praticamente um espelho refletindo tudo aquilo pelo qual eu passei.

- O que você faz quando não tem inspiração nenhuma?
~ Eu procuro achar alguma coisa para me inspirar. Música é uma ótima ajuda. Mas as vezes, não tem como, a coisa não funciona, então deixo para depois, esperando um momento mais propício e que minha mente esteja fera. As vezes escrever sobre a falta de inspiração também é bastante inspirador.

****

Swetty Patty (Pensamentos Soltos) - Você foi a minha primeira seguidora do Blog sabia? Éé.. e olha que eu nem tinha começado a divulgá-lo, isso é muito especial, curto muito você e seu blog!

- O que você mais gosta de fazer? Um hobbie, uma atividade...
~ Olha, eu gosto de fazer muitas coisas. Além de escrever, gosto muito de desenhar, amo de paixão a leitura e é um livro atrás do outro, gosto muito de dançar também, desde novinho, ouvir música, jogar vídeo game, ver televisão, internet, telefone (horas e horas) e as vezes gosto de fazer simplesmente nada. Ficar deitado na cama olhando pro teto ou deitado na grama olhando pro céu é um hobbie incrível. Aaah.. e eu falo sozinho também, tanto em português quanto em inglês.. rs

- O que você acha da sociedade em que vivemos? O que você acha que devemos fazer para mudar? (sabia que vinha pergunta assim, adorei!)
~ Interessantíssima! Eu vejo a nossa sociedade se dividindo cada vez em mundos particulares, se é que posso dizer assim. Não existe mais um grupo grande, existe apenas pequenos elementos indivíduais em cada pessoa da sociedade, isso por que ela foi crescendo e acumulando ideias boas e ruins, dividindo cada pessoa em um próprio universo à parte. Existe momentos que eu acho que nossa sociedade está completamente destruída e manchada, principalmente quando vemos tanta podridão e destruição de alma pelo mundo e sinceramente, eu acredito que a sociedade está falindo. São tantas mudanças com tanta rapidez que me pergunto se um dia todos nós daremos conta dessa rapidez toda ou se não seremos engolidos por ela. Mas ao mesmo tempo, vejo esperança nos olhos de alguns e sede de mudança em outros, isso me dá um tipo de fé no ser humano, mas ainda assim, ainda prefiro meus cães e plantas.

- O que seria uma sociedade perfeita pra você?
~ Uma sociedade perfeita para mim seria aquela em que cada um tivese o seu espaço, se importando com o seu próprio viver e com o viver do próximo. Amando o ser humano, não por ser sua esposa ou filho ou amigo, mas só pelo fato de ser igual a si mesmo, por ser humano. Uma sociedade onde o amor, o respeito e a compreensão andassem juntas e de mãos dadas. Sem diferenciar o que é homem, animal ou vegetal, mas sim classificando todos como filhos de Deus e dignos de respeito mútuo.

- Qual livro mudou muito você?
~ Eu sempre levo alguma coisa de todos os livros que leio, seja qual for, comercial ou literário, acho que todos os livros possuem uma mensagem a passar e basta nós encontrarmos a poesia nelas. Mas vou citar alguns livros: 79th Park Avenue de Harold Robbins me marcou muito pelo modo como ele foi escrito e como a história se desenrolou, foi um dos meus primeiros pulos literários diferentes e me trouxe muita coisa de referência. A série Harry Potter, podem dizer o que quiser, mas foi por causa deles que eu comecei a pensar no sonho de um diar ser um escritor, foi esta série que me abriu a mente para o meu talento e das maravilhas que eu poderia fazer com ele. Alice no Pais das Maravilhas, que é um livro complexo e de teor escondido, enquanto parece ser completamente infantil, é o nonsense perfeito e que me inspira muito. E por fim, A Rosa do Povo de Carlos Drummond de Andrade, que é um livro de poemas pós Segunda Guerra Mundial, este que eu li inteiro e analisei cada poema, para escolher apenas um para um trabalho escolar, o trabalho mais perfeito que eu já fiz, este livro é incrível e nos leva a um mundo de outra época, mas ainda assim, sentimos cada dor de cada pessoa.


- Qual o filme mais marcante?
~ Eu tenho diversos filmes em minha estante, direi alguns. Garota Interrompida, este filme é simplesmente perfeito e me leva ao limite imperfeito da loucura e da sanidade. Edward Mãos de Tesoura, é uma das coisas mais inspiradoras. Big Fish, com sua poesia e magia respingando a toda parte. Hora de Voltar, filme sem palavras. O Homem Bicentenário, aquele filme me leva a ter pensamentos complexos e para finalizar Star Wars, afinal Luke, eu sou seu pai! (tenho um monte de filmes mais.. mas são muitos mesmo!)

- Você se considera um sonhador ou um desiludido?
~ Um sonhador realista, digamos assim.

****

Doki (Tomorrow's Way) - Heey Doki! Aah.. vocêsome as vezes, mas sempre aparece legal por aqui! Você é uma figurinha! ^_^

- Algum Livro/Historia/filme/quadrinho já te marcou a ponto de você levar consigo a mensagem por muito tempo?
~ Muitos. Foi o que eu disse, muitas histórias me passam mensagens que fazem sentido e que me dão uma perspectiva bem diferente. Podem até ser sem sentido, mas para mim faz sentido, como por exemplo Alice no País das Maravilhas.

- Ohh! A música Her name is Alice está aqui do lado. Você tambem gostou da OST alternativa Almost Alice ?
~ Eu amo essa música. Olha, preciso confessar que tiveram algumas músicas que se tornaram exemplos inspirativos, mas outras deixaram um pouco a desejar, isso ao meu gosto, claro. Mas de um modo geral, gostei sim.

- Em geral, como são seus dias de semana?
~ Bem, eu acordo resmungando as 6:00 (6:40), me arrumo ainda dormindo e vou pra faculdade enfrentando o metrô querido de cada dia. Estudo até umas 11:00/11:30 e volto para casa, almoço, deito no sofá, vejo Friends, descanso e vou para a academia. De Terça e Quinta vou para o meu curso de inglês. Quando tenho trabalho para fazer da faculdade, entro na internet a noite e o faço, quando não, fico na internet vagabundeando. Vou dormir 11:30/00:00/00:30 dependendo do dia. Fins de Semana fico em casa, de 15 em 15 dias saio com meu pai para algum lugar. As vezes durante a semana vou na casa de meu amigo e passo lá o dia ou vamos no shopping, algo do gênero. Nas férias eu costumo trocar o dia pela noite, mas agora estou entrando nos eixos, academia de manhã todo dia, acordando e dormindo cedinho..

- Essa é bem inutil, mas é até divertida. Que horas voce acorda quando não tem nenhum compromisso?
~ Depende do meu sono e cansaço. A partir das 10:30 eu diria.. (não digo meu record de sono jamais!)

-De onde vem seu gosto pela leitura? (e consequente, bem aproveitada, criatividade).
~ Sinceramente não faço ideia. Eu sempre gostei de criar coisas, eu criava séries de TV quando eu era menor, com direito a abertura feita no Power Point e tudo. Acho que veio naturalmente, sabe? Quando comecei a aprender sobre literatura na escola, eu me apaixonei de uma tal maneira pelo assunto que passei a amar os livros enormemente. Quando li Harry Potter, me deparei com um complexo assunto e comecei a criar minhas próprias histórias com as complexidades que eu queria, então eu senti sede de querer mais exemplos e mais complexidade de outros livros e de outras histórias. As vezes também acho que eu procurava por identificação por algum autor.

- O que te deixa inquieto?
~ Ansiedade, tanto acordado quanto dormindo.

- Alguma morte de celebridade te marcou? Ou melhor, ela acabou te marcando?
~ A morte de Michael Jackson me deixou triste. Eu as vezes achava que ele era imortal, sabe? Mas não, ele não era. O Rei morreu e seu talento foi junto, mesmo deixando resquícios de seus enormes fazeres para nós. E eu fiquei triste quando Dercy Golçalvez morreu, eu realmente amava aquela velinha!

****

Petro (Mémoires de ses 30 ans) - Bom, o objetivo era esse, unir eu e vocês para sabermos mais de nós mesmos! Que bom que gostou!

- Quando você começa a escrever, pensa no fato-tema, em você mesmo, no leitor ou vai dando vida à imaginação sem se preocupar com essas questões?
~ Eu geralmente vou vendo diversos assuntos pelo mundo a fora e vou pensando sobre eles comigo mesmo. Quando acho interessante, venho e posto aqui no Blog. Eu não costumo me preocupar muito com tantas coisas, vou escrevendo e deixando minha cabeça guiar minha mão, entende? Mas me preocupo com a estética, com o português certinho (tenho um ataque se eu escrever errado) e procuro fazer do meu jeito, sendo eu, assim o leitor gostará daquilo que sou.

- O que o faz voltar a um blog?
~ Diversas coisas. Layout legal e que chame a atenção. Dono do blog bacana. Conteúdo interessante e que me prenda realmente nele, principalmente se me deixar curioso.

- O que o faz nunca mais voltar a um blog?~ Layout estranho, gosto das coisas organizadinhas. Assuntos bizarros e que não fazem muito o meu gosto. Textos muito poluídos, tanto por palavras complexas demais quanto por coloridas demais. Dono que não seja simpático.

- Por que você escreve?
~ Escrevo por que faz parte de mim, é como se fosse um terceiro braço, é algo que está lá e não tem como sair, como ir embora. Escrever para mim sou eu, é ser eu, é me transportar e me levar ao maior estado possível do pensamento.

****

Caio Lima (Furo MC) - Pois é companheiro de profissão, está vendo a enrascada que eu me meti? É pergunta para dar e vender aqui! Quando eu assumir o lugar do Bonner (sonhando) vão invadir aqui e roubar essa entrevista toda.. rs

- Tem Twitter?
~ Opa.. claro @doug_ibanez (coloca o undrline por que senão aparece um tatuado estranho lá.)

- Curte quais estilos musicais?
~ Eu não curto exatamente um estilo músical, eu curto músicas de todos os estilos e momentos. Costumo dizer que eu curto do fútil ao cultural, então gosto de uma boa música eletrônica, um pop, um rock enquanto gosto também de músicas folk, celtas, relaxantes, antigas então, eu sou uma velharia em relação a música. Eu não tenho preconceito em relação a música, ouço a música que gosto e não somente o estilo, gosto de uma música por suas batidas e melodias e a sensação qu eme trazem, mas as minhas músicas preferidas (tenho as minhas queridinhas) são aquelas que mais me inspiram.

- Pra quem você vai torcer na final da Copa?
~ Olha, eu estava torcendo para a Holanda, eu adoro o uniforme laranja, queria até as Havaianas da Holanda, mas eu também torcia para a Espanha por que sou descendente de espanhol, então fiquei meio dividido. Mas eu gostei dos dois países, por que os dois são inéditos então.. o que ganhasse eu gostaria!
- Quem você gostaria de entrevistar, um dia, como jornalista?
~ Como imaginação, gostaria de entrevistar Deus e ouvir tudo o que ele tivesse para me dizer. Mas realísticamente falando, gostaria de entrevistar Tim Burton e me passou pela cabeça agora, seria o topo da carreira entrevistar o Bin Laden (ele mesmo) e o Presidente dos EUA lado a lado, seria perigoso e iria bombar (irônia aguda acenando).

- Tem algum ídolo?
~ É outra coisa que varia entre fútil e cultural. Mas direi um.. Tim Burton.

- Defina com suas palavras: Douglas Ibanez por Douglas Ibanez (Marília GabiHerpes!)
~ Douglas Ibanez é um serzinho muito do estranho que vive aqui e vive lá, mudando sempre de lugar. Ele é e não é, ele está e não está. Ele curte a vida e a deixa curtí-lo, respirando cada molécula de segundo que existe no ar, no tempo e na terra. Ele ama, ele brinca, ele sonha, ele dorme, ele é um ser único, como eu, como você, como todos nós. No fim, ele não sabe quem ele é, nunca soube, só se deixa se surpreender a cada milésimo de segundo consigo mesmo.

Pois é meu povo querido, e acabamos com o Boa Noite Fátima! Respondidas todas as perguntas para vocês. Preciso dizer que realmente gostei deste experiência e que quero repetir mais vezes, é só esperar e quando der na telha, fazemos de novo!

Suas perguntas foram fantásticas e me fizeram pensar muito sobre tudo. Vocês são demais, muito obrigado por participarem desta brincadeira, pois sem vocês aqui, O Cronista, não existiria, sérião!

Agora preciso passar para os autores das melhores perguntas essa responsabilidade toda. Bem, eu pensei e pensei muito e resolvi distribuir esta brincadeira com todos os que perguntaram, por isso, quem quiser, faça o mesmo. Pegue o SLOGAN do Boa Noite Fátima lá em cima, no topo do post, coloque quem a criou (eu mesmo!) e em seguida peça suas perguntas! É faça como você quiser e seja feliz! É o mais importante.

Lista de Blogs Participantes (e que levaram para casa a promoção!)
- La Sorcière (Alê)
- Sussurros Íntimos (Maycon)
- Nuances Retornáveis (Dhyogo)
- Sempre em Dia (Rosana)
- Expressing My Mind (Dani)
- Nynha (Nynha)
- Necessidade (Adrielly)
- Pensamentos Soltos (Swetty Patty)
- Tomorrow's Way (Doki)
- Mémories de ses 30 ans (Petro
- FURO MC (Caio)

Pois bem pessoal, é isso aí.
O post ficou longo, mas foi que foi, certo?
Espero que tenha respondido tudo certinho
e que vocês tenham ficado satisfeitos com as minhas respostas.
Vejo vocês logo em breve!
Até mais..
Tchau!

10 comentários:

garoto cientista disse...

"- Você tem namorada? ;) (Eu tinha certeza que você ia me perguntar isso)
~ Não, não tenho namorada, mas estamos aí, certo?" hummm, serve apenas namorad"A"?
rsrsrs, mas deixando a brincadeira de lado, rapaz, parabéns pelo blog, adorei, nunca tinha visto algo parecido, tipo, entrevista num blog, excelente forma de teus leitores te conhecerem melhor, sobre quem és, como pensa, etc, muito bacana, parabéns. Tenha uma ótima semana.

Douglas disse...

garoto cientista.. pois é, só serve namoradA mesmo, fazer oq né?
Mas que bom que gostou.. volte sempre quando quiser..
=D

Dani Brito disse...

Óó eu ganhei (tô podendo, beijos) rs... Vou passar a brincadeira adiante, vamos ver se anda o negócio!
Tu é da Zê Éle ?
Aeeee, eu tenho vontade de matar a minha melhor amiga porque ela tbm se esconde na ZL, me fazendo viajar duas horas e meia para visitá-la ¬¬...rs
Beijokas.

Rosana Ibanez disse...

Me dei por satisfeita com as suas respostas e acabei conhecendo melhor você viu??
Quem diria não??...
rrss
Beijos e uma linda semana!!

La Sorcière disse...

Ai ai ai...
Fiquei ROXA de vergonha! huahuaha!!!
Quem mandou ser abelhuda né??
Pior: ter cara de abelhuda!!! huahuahua!!
Já sabia que eu ia fuçar sua vida:)
Sem namorada???
Tão lindinho assim???
Meninada devagar...
Bjks ;)
Alê

Sweet Patty disse...

Adorei as respostas Douglas!
A gente até se parece um pouquinho, tem uma grande diferença que é você seguir em frente e eu desistir das coisas fácil demais.
Já pensei em fazer jornalismo e desisti. Agora tou no último ano do Ensino Médio e ainda não sei o que farei, acredita? Passei um bom tempo querendo fazer Direito, mas ainda não tenho certeza.

Enfim, ler seu blog é muito prazeroso, sério mesmo, parabéns.
Só que, como eu sou muito sumida, tb não tenho muitos amigos blogueiros, nem vou passar a brincadeira, mas acho interessante ^^

Falar em namorar, cara, tou desiludida, tenho um certo "pessimismo romântico", pra mim, quase tudo dá errado :/
E pode ter certeza que pra vc namorar, não é difícil, teve ter muitas de olho em vc :P

Caio Lima disse...

Ahaaa demorou para postar com as respostas, mas postou =)

Cara, satisfação imensa poder te conhecer melhor com suas respostas.
Já to seguindo vc no Twitter. E adorei a sua resposta nas perguntas "Quem você gostaria de entrevistar, um dia, como jotnalista?" e "- Você se considera um sonhador ou um desiludido?".

E acho que vou levar a brincadeira adiante no meu blog sim viu

hehehe

abraço mano qq dia nois marca role

Maycon Aguiar disse...

Me diverti muito com as resposta, rs. Obrigado por repassar a entrevista, vou adorar fazê-la. *---*

Abraço!

Dhyogo disse...

Seria legal fazer o mesmo em meu blog, mas acho que não haveriam leitores.. rs Mas foi divertido, você, como futuro jornalista, respondeu muito bem todas as perguntas. Geramnete isso não acontece;
Mas se eu soubesse que vc cursa comunicação, teria me aprofundado em perguntas do gênero, pois se tenho uma paixão, é o Jornalismo, mesmo atualmente cursando Design de Moda (ano que vem eu troco)..
Enfim, vc poderia abrir um espaço para discussões do gênero, uma vez que muitas perguntas tomaram esse rumo.

Vanessa Sagossi disse...

Oi, Douglas.
Achei bem interessante a sua ideia de "Boa noite Fátima". Gostei da história e dos rumos que as perguntas foram tomando.
Também sou estudante de jornalismo e com certeza você fez uma ótima escolha. Parabéns!
Abraço,
Vanessa Sagossi
comentandoofilme.blogspot.com