terça-feira, 2 de março de 2010

José Mindlin diz:

"Em um mundo sem livros, não gostaria de viver"


* Homenagem a José Mindlin, aquele que amou, viveu e dedicou até o último momento de sua vida ao amor pelos livros. Tendo em sua vida a sabedoria de absorver a sabedoria de nossos amigos livros. Um exemplo a muitos, um conhecimento a todos.


11 comentários:

Ana Luiza disse...

Uma bela homenagem Douglas...

Ele foi um grande exemplo pra todos nós seguirmos :)

Douglas disse...

Penso o mesmo. Se ele fosse meu avô, passaria mais tempo na casa dele ou na biblioteca do que em minha própria casa..

Eduardo Montanari disse...

Um mundo sem livros é um mundo sem informação nem conhecimento. Internet, TV, isso é tudo secundário. Os livros são o começo de tudo.

La Sorcière disse...

Linda frase....

Paulo [ALT] disse...

cara essa homenagem rende até outro post num tempo que alguns pensam em abandonar totalmente os livros por textos digitais. naun consigo viver sem um livrinho do lado tb hehe. e concordo com o que disse ai em cima nos comentários ;]

abraçoo!

Rosana Ibanez disse...

Linda homenagem!
Ele nos deixou um tesouro valioso, que são as suas obras e como ele mesmo diz "Os homens passam, ficam os livros".
Bjks

Doki☺Heytor disse...

Os livros são o começo de tudo...
Realmente, sem eles não existiria nada disso...
E dedicar-se a eles é algo maravilhoso *--*

Sonhos & melodias disse...

Douglas,
Tive o privilégio de o conhecer pessoalmente e pude absorver um pouco de sua inesgotável sabedoria e simplicidade. Foi-se o homem, permanece seu exemplo e sua lição de vida.
Bjs

Raphael disse...

Um grande exemplo para seguirmos! ^^
Eu por exemplo, sou viciado em livros, adoro ler. Eu não conseguiria viver em um mundo sem livros, com certeza não!
Desculpe minha invasão... rsrs
Seu blog é legal, estou te seguindo!
Abraços, fui.

Simplesmente Outono disse...

Meu paradoxo, muito prazer...

Sorrisos e lágrimas, algumas vezes ao mesmo tempo.
Superações e mágoas andaram de mãos dadas em sua maioria.
Desafios e surpresas nem sempre superados e tão agradáveis assim.
Infinitas dúvidas e certezas, uma perfeita e delicada simbiose.
Um pedido: que os melhores sentimentos simplesmente permaneçam onde estão.

Simplesmente Outono.

Sweet Patty disse...

Concordo com ele, a biblioteca era sua casa.
Eu pretendo ter um quarto só de livros, meu quarto tem muitos livros (maioria são do meu pai) e no meu apartamento terá um exclusivo de estudo!

Devemos seguir o exemplo dele. É isso!