quinta-feira, 7 de abril de 2011

Pecados

.















.
Preguiça que toma conta de meu fraco corpo,
Volte ao seu lugar de primeira origem.
Deixe me viver o que devo, o que posso, o que sofro,
Sem o arrependimento de me arrepender outrora.
.
Luxúria que toma conta de meus sexuais assassinos desejos,
Volte para o vermelho de onde seu estupro floresceu.
Deixe me pensar na perdida puresa vivida sem jeito,
Que um dia existiu e me enrubeceu.
.
Vaidade que toma conta de minha única bifurcada imagem,
Volte para o espelho de onde nunca deveria ter saído.
Deixe me respirar quem eu sou em minha real essência,
Olhar-me para dentro e entender que este sou eu.
.
Gula que toma conta de minha devorada boca,
Volte para a fome cujo nome é seu verdadeiro lar.
Deixe me vazio ao necessário do que necessito,
E se torne tranquila quando alguém novamente chamar.
.
Inveja que toma conta de minha obscura alma,
Volte para seu leito um dia chamado de inferno.
Nunca retornes em sua personificação sem calma,
Sussurando na loucura o que torna um coração incerto.
.
Avareza que toma conta de minhas desnobres escolhas,
Volte para sua maior falta de riqueza espiritual.
Engula o que lhe é de importância sem ser importante,
Afogue-se no medo de perder o que de menos tem de essêncial.
.
Ira que toma conta do mau mais cruel oculto em mim,
Volte para as profundezas de qualquer algo sem ser eu.
Livrai-me da discórdia ocorrida em meu maior pesadelo sem fim,
Transgride as regras de minha cólera, chora e me separa do meu.
.
Pecados que tomam conta do que me tornei neste momento,
Voltem pelo mesmo sentido pulsante em que vieram.
Escondam a sustentação de minha humanidade por mais um bater de sortilégio,
Vivam na medida do controle do que devo,
Nas possibilidades daquilo que me deram.
.
Douglas Ibanez
.

6 comentários:

Eduardo Montanari disse...

Não só soa como uma poesia, mas também como uma melancólica oração.

Beatriz disse...

AMÉM!

Rosana Ibanez disse...

Quem nunca cometeu uns desses pecados que atire a primeira pedra. Linda poesia!!
Bjs

Paulo [ALT] disse...

OPAA
permissão concedida claro!

cara valeu pela visita la fikei contente

nao to tendo tempo mais pra ler quase nada hehe, mas naun eskeci dakii

abraaaaaaaaaaaço

La Sorcière disse...

Querido...
isso é absolutamente LINDO.
tocou meu coração!
Um beijo
Alê

Rodrigo disse...

Parabéns pelo blog, gostei muito dos postes. ^^
Abraço.