sexta-feira, 11 de março de 2011

Próxima Estação: Sé

..
São Paulo, Estação da Sé, 8h30 da manhã, pessoas contra horários, o caos. A chegada do trem justificando mil atitudes, a correria de um motivando a correria de todos. O homem de terno cinza aparece pela plataforma, pula com pressa pela porta semi-aberta, semi-fechada. Sua maleta, muito bem resolvida em couro legítimo, acerta as costas da mulher gorda com sacolas de hipermercado pelo chão, causando uma grande confusão.
.
Um xingamento. O homem retruca a falta de educação familiar. O espaço era contido e muito mais do que apertado, como diz a física, dois corpos não ocupam o mesmo lugar. O vizinho da Dona defende sua gordura, a criança ao lado mostra o caos para sua mãe. "Ah filho, estou acostumada", diz ela confortavelmente acomodada em seus 2 centímetros de barra reguladora de gente.
.
O apito toca. Usuário que poderia ter ser matado em outro horário na linha. A curiosidade nos olhos alheios pela situação alheia. A briga continua, algumas risadas, algumas caras feias, um casal às carícias no fundo e mais os espantados surpresos por nunca terem visto tanta coisa em tão pouco lugar. São Paulo, Estação da Sé, 8h31 da manhã, pessoas contra horários, o caos. O apito toca, a porta se fecha, o trem se despede.
.
Douglas Ibanez
.

4 comentários:

Rosana Ibanez disse...

Esse filme passou pela minha vida durante quase 30 anos...e o pior...cada dia que passa tudo se torna mais dificl e insuportável. As vezes me pergunto: Como será daqui à 15,20 anos? A população aumenta a cada dia e aqueles que já deviam ter se aposentado ainda teimam em enfrentar todo esse caos diário. Espero haver uma solução para melhorar tudo isso. Ainda confio no bom senso dos governantes.
Bjs

Dani Brito disse...

Meu Deus, metrô é um purgatório, estação Sé é o inferno...
Caos total quando chove, quando alguem decide se matar em hr de pico acabando com a manhã dos meros mortais...rs

Kézia Lôbo disse...

NUnca fui, não conheço e atpe imagino com seja... uma loucura mesmo...

Aline Almeida disse...

que delicia de detalhes...
conseguir me ver ali, parada.
melhor Entalada!rs