terça-feira, 23 de junho de 2009

Welcome to Wonderland


Era uma vez, uma linda e doce menina, de longos cabelos dourados e com um belo vestido clássico azul bebê, que possuia uma incrível curiosidade e um desejo louco de saciá-la a todo custo. Naquela tarde, sua irmã mais velha estava lendo-lhe um livro que, para a infelicidade da pobre e meiga menina, não possuia nenhuma gravura nem diálogo, lhe deixando totalmente impertigada. O calor daquele dia a estava deixando sonolenta e completamente entorpecida, quando de repente, um coelho branco enlouquecidamente, passou correndo diante seus olhos dizendo:

- Ai meu Deus! Ai meu Deus! Estou muito atrasado!!

Acho que já deu para descobrir de quem e do que estou falando não? Sim meus caros, estou falando de um dos maiores exemplos de obra da Literatura Fantástica existente, Alice no País das Maravilhas (Alice in Wonderland).




Para quem não sabe, Alice no País das Maravilhas faz parte da Literatura Fantástica e é um dos maiores clássicos dessa classificação. Sua história é uma completa mistura de irrealidade, surrealismo e fantasia, envolvendo-se com os sonhos de uma menina que não sabe se realmente está vivendo tudo a sua volta ou apenas se está vivendo tudo dentro de si mesma (por que de uma maneira ou de outra, ela está vivendo toda a história sim).

Alice é, para quem não leu ainda (eu já li!), uma leitura completamente única e interessantemente diferente. É marcada pela pura fantasia e pelo imaginário, dando ao leitor uma incrivel visão (brisa) daquilo que não pode existir. Um trabalho muito bem feito por Lewis Carroll, que soube conduzir muito bem a história interna e externa da mente, do sonho e da realidade de Alice.


Mas agora não irei falar mais sobre este livro, mas deixo na promessa que volto logo mais para falar dele (como se fosse um sacrifício né?) mais profundamente, pois agora, irei falar de outra Alice, esta que possui um pai, bastante diferente e excêntrico.


...Senhoras e Senhores, bem vindos ao País das Maravilhas de Tim Burton...




Desde o ano passado, uma notícia bastante interessante surgiu para aqueles que gostam e curtem Cinema. Alice no País das Maravilhas teria, finalmente, um longa metragem com direito a atores de carne e osso. Acima de tudo isso, o mais interessante talvez, foi descobrir quem seria o diretor do tal filme, que foi ninguém mais do que o mestre do cinema excêntrico, Tim Burton.

Para quem gosta da história da pequena menina seguidora de coelhos brancos, não pode deixar de imaginar como será este filme dirigido por Tim Burton. Diretor de vários outros filmes de nomes extremamente famosos como Edward Mãos de Tesoura, A Fantástica Fábrica de Chocolate, A Lenda do Cavaleiro sem Cabeça, Sweeney Tood, A Noiva Cadáver e muitos outros por ai, Tim possui aquele efeito que ninguém mais sabe dar.

Em seus filmes, desde os mais macabros até os mais infantis, o diretor nos passa algo que fica
entrelinhas e que nos faz querer imaginar o que é. A magia presente em todos os filmes de Burton é incrivelmente perfeita. Sendo completamente coloridos (A Fantástica Fábrica de Chocolates) ou com cores um tanto mais obscuras (A Lenda do Cavaleiro sem Cabeça), é possível se enxergar a cor magica da magia por detrás dos pretos, brancos e sépias.

Alice no País das Maravilhas e Tim Burton é a união perfeita da magia com o mágico. O enredo de Alice é exageradamente (o que é bom) fantasioso e ao mesmo tempo obscuro, mostrando que a história não é feita para crianças (como pensam muitos por ai), mas sim para todos aqueles que tem uma imaginação fértil e aberta o bastante para encarar o estranho.

As gravações de Alice no País das Maravilhas começaram no ano passado e desde então muita curiosidade e especulações vem rolando. Aparentemente, o filme irá misturar técnicas cinematográficas jamais misturadas antes, o que vai dar um efeito bem diferente ao filme.

Marcado para ser lançado em março de 2010, o enredo se passará um tanto diferente de como é descrito no livro. Aparentemente, Alice, aos 17 anos, descobre em uma festa vitoriana que será pedida em casamento em meio a centenas de socialites. Desesperada, a menina foge seguindo um atrasado coelho branco e cai dentro do País das Maravilhas, lugar onde ela visitou a dez anos atrás mas não se lembrava.

Dentro deste inimaginável e estranho lugar, Alice, vivida por Mia Wasikowska, atriz australiana que fez filmes como Amelia e séries como In Treatment, irá encontrar as mais diversas e intrigantes criaturas, pessoas e coisas que ela mesmo não sabe nomear. Entre elas irá conhecer uma lagarta que fuma narguilé, Alan Rickman (Severo Snape), Tweedledee e Tweedledum que são dois gêmeos extremamente bizarros vividos pelo comediante Matt Lucas, flores falantes, coelhos atrasados, um gato risonho e misterioso e sem contar uma rainha de copas e outra rainha branca, contracenadas respectivamente por Helena Bonham Carter e Anne Hathaway.

Uma curiosidade é que, a Rainha Branca não faz parte de "No País das Maravilhas", mas sim do outro livro de Lewis Carroll, Alice no País do Espelho, onde existem duas rainhas, a Branca e a Vermelha, que será misturada com a Rainha de Copas de Bonham Carter.

Em uma entrevista com Johnny Depp, o ator disse que: "O livro é a base de tudo. Ali tem pequenos mistérios, pequenas pistas que eu achei fascinantes, como chaves para compreender um pouco o Chapeleiro."



Alice - Mia Wasikowska
Rainha de Copas - Helena Bonham Carter
Chapeleiro Louco - Johnny Depp
Rainha Branca - Anne Hathaway
Tweedledee e Tweedledum - Matt Lucas


(Clique nas fotos para ampliá-las)


Com uma história extremamente envolvente e inlogicamente possível, Alice no País das Maravilhas promete encher as salas dos cinemas em 2010. Com a direção espetacular de Tim Burton, que coube como uma luva para a história, o País das Maravilhas terá uma outra face, mais mágica, mais carnal e extremamente mais próxima da realidade irreal de Lewis Carroll.

Eu que nem sou fã do Tim Burton (mentira deslavada!!) estou estremamente ansioso por esse filme e com certeza (para não dizer absoluta) estarei na estréia do filme.

Bem pessoal, acabei por hoje.
Eu ia falar de uma outra coisa, mas acabei falando disso.. hehe
Logo logo eu volto ok?
Então, até mais!
E espero que tenham gostado senão...


"CORTEM-LHE A CABEÇA!!"












20 comentários:

~*rafasonehara disse...

Li todooo o seu post!!!
e já li tbm esse livro *--*
nossa vai ser tudo de bom esse filme
não vejo a hora de assistir..
Tomara que as gravações acabem logo!!
Beijos
:*

Jú Souza disse...

aah já li esse livro várias vezes e sou apaixonada pela história. Tomara que o filme seja tão bom quanto os outros (;

- pode me chamar de Jú sim.. aliás, prefiro.

beeijo Douglas *:

Jú Souza disse...

aah, agora que eu vi... obrigada por me linkar! *--------*

Jader Araújo disse...

Cara o seu post foi muito mais elaborado do que o meu ... rs
Eu só fiz um resumo sobre o filme .. rs

Valeu por sempre aparecer no PLANO B!, as portas estão abertas sempre!!!

Abraços

Jader Araújo
PLANO B!

Paulo [ALT] disse...

ainda não li seu post
vou passar de noit e com tempo e calma pra ler direito
cara, passanu pra agradecer de verdade por virar seguidor do meu blog.. anima saber q alguém lê as porcarias q eu penso =]
abraçoo

Paulo [ALT] disse...

ops, esqueci d perguntar..
tem a inutilidade do twitter?

Douglas disse...

sim sim... este filme vai ser muuuuuito legaal!! estou ansioso pakas, quero ver o trailer, vai ser louco.

hehe.. pode deixar Jú, vou te chamar assim daqui por diante ahuahauha e que nada, likei pq gostei XD

Heey Jader!! Pô o Plano B é massa cara, gosto pra carambaa!! Como gosto de cinema, lá encontro de tudo um pouco que gostoo.. hehehe pode deixar que volto sempre sim!!

Paulo!! Sim, eu gostei do seu Blog!!
hehehe voltarei sempre, gostei de suas idéias e o que tu coloca lá!!

hehe

faloow
e valeew!!

Paulo [ALT] disse...

e ae cara.. mew.. só agora to passando aqui pq a internet tah me tirando do sério hj.. não quer abrir nada...
e gostei do post sim, pra caramba
soube dessa Alice do Burton e ateh comentei no meu blog uma vez mas n tinha lido nada mais específico sobre ela, foi bom saber.. e me deu vontade d ler o livro q eu nunca li
e sobre a promessa d voltar a falar no livro... pode crer q eu lerei tudo
tenho minha própria coleção de dvds do burton.. o cara eh genial e manda bem em tudo.
com atores d verdad eu tenho um VHS antigo de um filme feito pra televisão.. na verdade são 2 fitas, a outra sobre o outro lado do espelho.. tem ateh a participação do ringo starr http://www.imdb.com/title/tt0088693/ tah ai o link dele no IMDb se vc quiser ver

abraço

Douglas disse...

aaah!!
Eu vi as fotos.. muito legaais!!
as fantasias me lembraram CATS ahuahauha

pô Alice é clássico.. Não li o Outro lado do Espelho e sou louco de curiosidade pra ler.. vou ver se acho em algum sebo hehe

Tim Burton manda bem em tudo no que ele faz, confio sempre nos trabalhos dele que são sempre ótimos. Eu encomendei o A Lenda do Cavaleiro Sem Cabeça e não chegou Ç_Ç

hehe

faloow

simone gomes disse...

nao sei porque, mas eu nunca fui muito com a cara da alice.
HUDASHUSDUHUH

Douglas disse...

HAUAHUAHUAHUAHAUAUAHUA
quando tinha só o desenho da Disney, eu nunca fui tão com a cara também, eu era criança, ai eu cresci e fui descobrindo o que é legal em alice ai passei a gostar hehe

Lico disse...

Cara o personagem "Chapeleiro" é demaais, é um enigma, tem que ser! Como se pode viver o tempo inteiro no mesmo tempo?? Não dá pra "captar" o paradoxo que isso vibra... Fica mais louco ainda se lembrarmos do coelho que está sempre correndo atrasado no tempo!

Blasfemei com certeza kkkkk...

Luiza de fato! disse...

Ahhhhhh que liiiindo!
Somos dois nesse barco.
Sou apaixonada por Burton e por Alice.
Que mistura no mínimo, muito foda!
Ansiosa demais pra estréia que eu estarei, com certeza!
Adoreii a faísca. rs
Minha ansiedade dobrou. rs
;*

Paulo [ALT] disse...

tah add no twitter, /PauloALT
flw

introspectivasim disse...

Que post lindo! essa história é realmente uma graça (apesar de eu ter um certo medo do gato) rs.

Eu tenho esse livro aqui também é muito bom!! Não vou perder esse filme!

Grande beijo!!

Léo Ribeiro disse...

Legal seu blog, e lendo o texto anterior, quero dizer que para ser jornalista tem que ter dom de Deus mesmo, pois o mundo está foda para quem quer só ir lá sem diploma. ¬¬"
Estou seguindo vc, entra no meu blog e me siga e deixa seu comentário.
Abraços!

Douglas disse...

sim sim... o chapeleiro é muitoo foda. Sabe esse negócio que envolve o tempo e o inimáginavel impossível se torna uma coisa tão facinante que posso ficar horas e horas vendo apenas a mesma coisa sem sentido.. é demaaais..

Burton é demais mesmo Luiza!!
adoro ele e todos os seus trabalhoos..

ahauahuahuahau o gato é meio medonho mesmo, mas eu gosto pakas dele. Ele que fala da loucura que não é loucura e que ao mesmo tempo é... loucuraa!!!

hehehehe!!!
valeew Léo... pelo comentario e por me seguiir.. pode deixar q entrarei no seu blog sim.

faloow!!

Nat ϟ disse...

Que-Foda *o*

Douglas disse...

nééé?

railer disse...

cara, não sabia disso e adorei ficar sabendo! obrigado pela notícia!